Microsoft HoloLens

Escrito por:

Está nas mãos do brasileiro Alex Kipman o Microsoft Hololens, o projecto mais revolucionário da Microsoft após o Windows gráfico de 1995.

Newsletter seta
Partilha no Facebook
Partilha no Twitter

Subscrever Newsletter:

Subscreva a nossa Newsletter e receba as novidades personalizadas para si:

Estamos também no Facebook:

Fechar (x)

No evento de apresentação do Windows 10, a Microsoft apresentou o headset de realidade aumentada, Microsoft HoloLens. Este gadget pode muito bem ser o melhor produto da Microsoft dos últimos 20 anos! E corre Windows 10, de uma forma que nunca antes tinha visto correr um sistema Windows.

Já não é a primeira vez que a Microsoft nos encanta com as suas ideias, mas até agora, eram sempre ideias, teorias, nunca antes um produto real, bastante próximo do produto final, nos tinha encantado tanto. Desde do lançamento do Windows 96, que a Microsoft não encantava, não inovava, de forma a deixar todos de boca aberta. E tendo em conta produtos como Windows XP, Xbox, Kinect e Windows 7, este é um elogio e tanto, ao Microsoft HoloLens!

O Kinect foi o produto mais próximo ao nível de notoriedade. E o Kinect vendeu muito! Apesar das vendas do primeiro modelo, ficamos sempre com a sensação de que o Kinect não cumpriu o que prometeu. Com o Microsoft HoloLens o salto, e o risco de a mesma sensação voltar a acontecer é maior! Isto porque o Kinect era uma resposta à Nintendo Wii, o HoloLens é uma visão diferente dos produtos mais próximos que encontramos em desenvolvimento em empresas rivais, e esses produtos ainda estão em desenvolvimento, alguns deles até foram cancelados como o Google Glass.

Microsoft HoloLens Windows Holographics

Ao contrario de outros produtos, o Microsoft HoloLens corre de forma independente, não precisa de um smartphone, nem de um computador. A Microsoft apelidou de hologramas, às imagens que visualiza através destes óculos estilosos HoloLens, mas serão mesmo hologramas? Talvez a resposta seja não, porque estamos a usar uns óculos especiais para tal, mas será que isto importa? Claro que não.

O CEO da Apple disse numa entrevista que ninguém gosta de usar óculos. É verdade, o problema do Google Glass talvez tenha sido esse. Comparar os HoloLens da Microsoft com o produto falhado do Google é errado, pois os HoloLens não são um acessório, são um dispositivo independente e uma ferramenta de trabalho, tal como uma ferramenta de entretenimento.

Afinal o que são os Hololens da Microsoft

Os HoloLens estão munidos de tecnologia capaz de criar um ambiente virtual ao seu redor, 360º. Tendo a capacidade de reproduzir som, de conteúdo que está atrás de si, como se realmente estivesse. A Microsoft apresentou este produto com alguns cenários encantadores. Os HoloLens são capazes de colocar uma TV virtual na sua parede, do tamanho que vocês desejar, a assistir o filme que quiser, o canal que lhe apetecer, onde quiser. São capazes de colocar todo o mundo de um jogo, ao seu redor, de forma a que se sinta no meio dele, literalmente, Minecraft serviu de exemplo. São capazes de o colocar em Marte, ou, em qualquer outro lugar, como se realmente lá estivesse. Tudo isto permitindo uma interacção em tempo real, com gestos, modificando os objectos criados virtualmente em tempo real. É lindo não é, e o melhor é que o produto foi apresentado a funcionar, ao vivo!

O principal desafio da Microsoft será o controlo das interfaces virtuais através do HoloLens, mas parece estar a percorrer o caminho correto.

Nas demonstrações apresentadas pela Microsoft durante o evento do Windows 10, o Microsoft HoloLens foi utilizado principalmente como uma ferramenta de trabalho, que permite uma imersão em ambientes virtuais, bem como uma visualização de produtos em 3D, onde temos o holograma do objecto em tamanho real, à nossa frente, como se realmente estivesse lá. É neste ambiente corporativo onde os HoloLens podem ser ainda mais revolucionários.

Microsoft Hololens Minecraft

Ao nível técnico, o Microsoft HoloLens trás consigo 3 tipos de processadores diferentes, sendo um deles uma novidade, CPU, GPU e HPU, este ultimo a novidade, uma unidade de processamento dedicada à criação dos hologramas. Os HoloLens estão equipados com som espacial, sendo capazes de emitir sons de objectos que estão atrás de si, com a capacidade de simularem a emissão também, para que o utilizador saiba que o som veio de trás. Além de uma câmara, escondida por detrás de uma das lentes, os HoloLens estão também equipados com vários sensores de movimento.

Um mundo por explorar.

A Microsoft demonstrou vários exemplos de utilização dos HoloLens. A empresa americana está a trabalhar com outras empresas de grande nome mundial, tal como a Nasa, de forma a que este gadget se ambiente de forma perfeita ao ambiente de exploração e criação corporativo.

Os Microsoft HoloLens parecem especialmente destinados a serem utilizados em ambientes de criação. Visualizar o objecto em 3D e em tamanho real, podendo partilhar esta visão com um parceiro de trabalho, ou, investidor, pode ser uma grande ajuda a muitos criativos.

Microsoft Hololens Entretenimento

O entretenimento é outro lado forte, muito forte deste produto novo da Microsoft. Já pensou em colocar uma TV no tecto, para ver o seu conteúdo favorito, na posição que mais adora, deitado. Os HoloLens permitem essa simulação de TV do tecto, sem que tenha de apertar qualquer parafusa, aliás, sem que tenha qualquer TV.

Os jogos como já dissemos, são outro ambiente que pode trazer muita riqueza ao mundo dos HoloLens, e vice-versa. Apesar deste potencial óbvio, é no quotidiano que este gadget pode ser útil, já imaginou chegar à cozinha e ser avisado por um pop-up que não tem leite no frigorífico, ou açúcar no armário, sem que para tal preciso de abrir o frigorífico, ou armário. Tudo isto pode e deve ser explorado neste produto que promete muito.

Microsoft Hololens data

Data de lançamento dos Microsoft Hololens?

Este gadget não possui data de lançamento especifica, mas segundo Alex Kipman, os Microsoft HoloLens serão lançados na mesma moldura temporal do lançamento do Windows 10, ou seja, no final de 2015. Já o CEO da Microsoft, Satya Nadella, afirmou que o preço dos HoloLens será compatível com o mundo empresarial e para o publico em geral.

De salientar ainda que o Windows 10 neste HoloLens, foi também apelidado de Windows Holographic, durante a apresentação, referindo-se à interface do headset.

A apresentação do Microsoft HoloLens ficou a cargo do Alex Kipman, um brasileiro carismático que foi um dos responsáveis pelo desenvolvimento do Kinect.

Categoria:Wearables
Newsletter seta
Partilha no Facebook
Partilha no Twitter

Subscrever Newsletter:

Subscreva a nossa Newsletter e receba as novidades personalizadas para si:

Estamos também no Facebook: