Taylor Swift

Escrito por:

Newsletter seta
Partilha no Facebook
Partilha no Twitter

Subscrever Newsletter:

Subscreva a nossa Newsletter e receba as novidades personalizadas para si:

Estamos também no Facebook:

Fechar (x)

A mundo do Streaming de musica está neste momento a viver uma época de corrida ao ouro. Temos o Spotify a liderar a corrida seguido por serviços como Rdio e Deezer. A ameaça destes dois parece ser irrelevante, face a serviços como Tidal, ou, o provável Apple Beats Music.

Segundo as informações mais recentes, a Apple já iniciou conversações com vários artistas do mundo da musica. Segundo Kanye West, a marca da maça está a oferecer milhões para conseguir exclusivos. A aproximação óbvia a Taylor Swift é de fácil percepção, após os conflitos da mesma com o Spotify. Nomes como Florence and the Machine também surgem na lista de negociações por exclusivos da Apple Beats Music.

Apesar da palavra, exclusivo, esta realidade de apenas trabalhar para um serviço não deverá ser uma pratica comum. O que poderá acontecer mais vezes nos próximos tempos serão exclusivos de lançamento. Onde determinado álbum fica exclusivo de uma plataforma durante x tempo, por exemplo, durante os primeiros 3 meses após o lançamento.

120$ por ano, é 4 vezes mais o valor médio anual gasto pelos utilizadores do iTunes.

Segundo Kanye West a Apple ofereceu-lhe milhões por uma parceria. O mesmo Kanye West está neste momento com o serviço Tidal, onde negoceia exclusivos por valores na ordem dos 3 milhões de $, mais 3% do lucro do Tidal, baseado na reprodução de musica do artista.

A Apple possui já a experiência do mundo da musica graças ao iTunes. Este serviço aumentou e muito, os lucros da companhia da maça, mas um suposto sucesso com o também suposto Apple Beats Music, poderia garantir muito mais! Um serviço de musica que possua uma subscrição mensal de 9,99$ significa um valor de 120$ no final do ano. Um valor 4 vezes mais do que a média despendida por utilizador no serviço actual do iTunes.

Estamos claramente a viver uma corrida ao ouro, o Spotify lidera, mas o mundo da musica não gosta de quem os lidera. Tidal entrou no mercado com este espírito de mudar o líder, mas será capaz disso?

Categoria:Mundo
Newsletter seta
Partilha no Facebook
Partilha no Twitter

Subscrever Newsletter:

Subscreva a nossa Newsletter e receba as novidades personalizadas para si:

Estamos também no Facebook: