Análise - Football Manager 2014

Publicado a: 17/Nov/2014 ; Por: Tiago Araújo

Football Manager 2014 é um clássico e agora está cada vez mais real e viciante.

Durante anos fui um jogador viciado em Football Manager e ainda apanhei a saga no tempo do Champioship manager. Confesso que nos últimos anos apenas tenho acompanhado a saga pelo iPad. O que me colocou numa situação de surpresa quando iniciei a nova versão, o Football Manager 2014, as perguntas eram sempre as mesmas, será que isto já cá estava no 2013?

Pois bem, o resultado não poderia ser melhor para o jogo. Muito dos pormenores que desejava quando jogava muito Football Manager foram agora aplicados. O nível tácito está mais pormenorizado, o estilo de transferências é mais real, os estilos de jogo dos jogadores tem um peso maior e até as conversas com dirigentes, jornalistas e jogadores estão melhores.

E para quem não quer nada disto, existe sempre o modo Clássico que é basicamente o mesmo que encontra nas aplicações mobile para iOS e Android que tenho jogado nos últimos anos.

Football-Manager-2014-6

Football Manager está dividido em dois jogos!

Este é o primeiro pormenor que já tinha sido implementado na versão anterior. O modo clássico são para os jogadores que não são nerds do futebol, mas que mesmo assim gostam de jogar FM. Aqui as opções táticas são mais limitadas, muito mais. Já o modo completo está repleto de pormenores que influenciam positivamente e negativamente o desempenho da sua equipa e é isto que os nerds da tática querem!

No modo clássico encontra um jogo com muito menos etapas, não existem palestras antes dos jogos, não existem discussões entre membros do staff, as táticas não são tão levadas ao pormenor e até a interface do jogo, das notícias, da tática está diferente. E basicamente o modo clássico é isto, uma versão simples e rápida para acabar a época num dia.

Football-Manager-2014-1

Quando optamos por jogar no modo completo a história é outra. Primeiro somos logo abordados pelos membros do Staff, discutimos quais os objetivos, quais as funções da equipa técnica, somos apresentados à imprensa, entre outras “conversas”. Digo conversas porque todas estas etapas são tratadas como se tivesse a discutir em tempo real com o outro lado da mesa. O mesmo se passa nas transferências. No Football Manager 2014 é possível ter uma discussão com o clube vendedor em tempo real, ou seja, sugerir valores e perceber por quanto é que o clube vendedor está disposto a ceder o passe do jogador.

Ao nível de pormenores as transferências não se ficam por aqui, pois o mesmo se passa na discussão do salario do jogador. Percentagens de passes são também parte do argumento. Pode acordar uma transferência com o clube por 7M€ e acabar nos 8M€ se quiser a totalidade do passe, caso esse não pertence na totalidade ao clube.

Todo este realismo nas negociações é especialmente útil para quem gosta de ir às compras à última hora.

Football-Manager-2014-5

A questão jogador e o seu caracter tático!

No modo completo, o estilo tático é levado muito a serio. Logo na pré-epoca é avisado que uma só tática pode não chegar e é bom que comece a preparar a tática suplente. Existe uma barra de habituação dos jogadores às táticas e por em prática uma tática de contenção, ou de “pronto-socorro” é uma medida a ter em conta.

Existem táticas e táticas. O Football Manager 2014 consegue perceber qual a tática mais comum e mais fácil de ser absorvida pela sua equipa. Um 4-4-2, ou um 4-3-3 são muito mais facilmente absorvidos pela equipa do que um 3-5-2, ou 3-4-3. Então se criar a sua própria tática, mais tempo demorará aos seus jogadores assimilarem todos os pormenores. Por falar em pormenores, a parte “filosófica” da tática, ou seja, como os jogadores vão reagir em campo, e não como eles vão alinhar também influência no tempo de absorção da tática. A parte boa é que algumas mentalidades podem ser alteradas consoante o desenrolar do encontro.

Em Football Manager 2014 é também visível a predisposição dos jogadores, perante o jogo e perante as suas palestras. Tudo tem influência no resultado final e no FM 2014 ficará a par de tudo. Com o tempo irá perceber qual o caracter dos seus jogadores e conseguir assim aplicar melhores palestras para esses, de forma a conseguir motiva-los mais facilmente.

Football-Manager-2014-4

A par do Fifa 14 que analisamos recentemente, Football Manager 2014 possui também química entre os jogadores. Esta química irá influenciar o entrosamento entre a sua equipa. Por isso não espere uma exibição mágica da sua equipa após “espetar” com dois centrais novinhos em folha, ou com um ponto de lança acabado de chegar à equipa. Isto é um aviso para quem gosta de ir aos saldos em Janeiro.

No Football Manager 2014 a forma de lidar com os jogadores tem um papel muito importante no desenrolar da sua carreira. Não pode lidar da mesma forma com o Mario Balotelli, como lida com o senhor Steven Gerrard que no Liverpool recebe todas as novas contratações que faz, se assim o solicitar. O mesmo se passa no campo do jogo, alguns jogadores merecem maior liberdade que outros, uns preferem correr até à linha e outros simplesmente não podem rematar. É assim na vida real e é assim no Football Manager 2014.

Football-Manager-2014-3

Interface do Football Manager 2014 é um pouco confusa.

A culpa nem é da complexidade tática, pois o modo clássico é também um pouco confuso ao nível da UI. A interface possui notificações numéricas a mais e menus escondidos a mais também. Existem muitos botões visíveis o que pode causar alguma confusão para quem encara o jogo pela primeira vez.

A parte boa é que vale mesmo a pena investir algum tempo a explorar os menus, pois o resultado será controlar de forma fluída todas as funcionalidades do Football Manager 2014.

Ainda dentro da interface englobamos a falta de licenças que o Football Manager 2014 possui. Nem a liga inglesa está licenciada e a portuguesa sofre do mesmo problema. Logos, caras dos jogadores são a principal lacuna.

No ambiente de jogo há também melhorias no motor 3D, está mais fluído e mais fácil de analisar taticamente devido ao movimento mais real dos jogadores. Durante o jogo recebe ainda informações dos seus e dos jogadores adversários. Tendo como opção agir no momento em que recebe a notificação de forma rápida e simples. Duranta o jogo é também possível alterar algumas táticas, mentalidades e até jogadores sem pausar o encontro.

Conclusão:

Como seria de espera, Football Manager 2014 é um jogo obrigatório para todos os amantes e nerds da bola, mas esta versão trás ainda melhorias muito significativas que vão encantar os amantes da tática.

O jogo chega amanha às lojas, dia 30 de Outubro e para já, chega apenas para o PC. Consolas e dispositivos moveis também devem receber uma versão do jogo, mas será certamente mais simplificado que este Football Manage 2014.

Positivo:

Transferências em tempo real. Complexidade tática. Personalidade e carácter dos jogadores.

Negativo:

Interface confusa. Licenças de equipas e jogadores em falta.
Located in: PC